Tokyo Mew Mew Portugal
Yosh pessoas. 8D
Bem-vindo ao Tokyo Mew Mew Portugal, onde pode arranjar informação sobre o anime e mangá. ^^
Registe-se e divirta-se, todos são aceites e nós não mordemos. ;3

Tokyo Mew Mew Portugal

Um forum para todos os fans de Tokyo Mew Mew!
 
InícioInício  PortalPortal  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Será possível voltar ao "Passado"?

Ir em baixo 
AutorMensagem
Zoey*
Ringo
Ringo
avatar

Feminino Número de Mensagens : 6
Idade : 25
Pontos : 2608
Reputação : 0
Data de inscrição : 04/10/2011

MensagemAssunto: Será possível voltar ao "Passado"?   Qua Out 05, 2011 2:41 pm

Eu sei que isto anda muito parado, e que certamente ninguém irá ler a Fic que estou a escrever, mas mesmo assim, irei colocar aqui à mesma. Pode ser que o fórum volte à actividade!
Esta FanFic é mais um romance e como casal principal será Ichigo x Kisshu! Para quem irá ler (se alguém ca vier ._.) Espero que gostem!

Título: Será possível voltar ao "Passado"?

Sumário

Tinha passado 4 anos após a batalha contra Deep Blue. Ichigo não estava mais a trabalhar no café porque os seus pais mudaram-se e ela teve que ir junto. Sairam da cidade e foram viver para o campo. O namoro dela com Masaya tinha terminado devido à mudança e ela agora raramente saía de casa, só queria ficar fechada no quarto. Quando ia à janela, não via grande coisa, apenas um pátio de uma casa, que era de uma tia sua.

Ichigo tinha saudades das amigas, de quando se chateava com a Minto e também de quando as suas orelhas e cauda apareciam. Era uma vida que ela tinha perdido após a infeliz ideia dos seus pais. Agora não tinha amigos, sentia-se só… O que ela não sabia, era que algo/alguém de quando era uma Mew a encontrará e fará com que ela volte a ser a mesma rapariga de à 4 anos atrás.



Capítulo 1 – O Regresso

No café, estavam Purin e Retasu a trabalhar arduamente enquanto Minto tomava o seu chá. Zakuro não se encontrava lá porque tinha ido a uma sessão de fotos. Quando elas estavam a fechar o café três conhecidos seus aparecem. Purin saltou de alegria enquanto as outras olhavam para eles um tanto desconfiadas.

-Taru-Taru! – Exclamou Purin ao mesmo tempo que correu para o abraçar. Taruto ficou um pouco atrapalhado com a reacção da Mew mais nova, mas mesmo assim não evitou soltar um sorriso.

-Não se preocupem. Nós viemos em paz! – Disse Pai para tentar acalmar as outras duas. Kisshu ria-se da situação de Taruto, mas depois reparou que faltava lá alguém, e não era da Zakuro que ele estava a pensar, e a sua alegria desapareceu.

Kisshu olhou para todos os cantos do café e depois olhou para Minto e Retasu à espera de alguma resposta. Não era normal a Ichigo não estar no café, só se fosse o seu dia de folga. Logo depois apareceram Ryou e Keiichirou que ficaram surpreendidos ao ver os três alliens. Apenas Ryou reparou em Kisshu e no que ele estaria a pensar. Purin e Taruto pararam as suas brincadeiras, mesmo após 4 anos continuavam os mesmos, e Kisshu apenas saiu do café.

Antes de contarem a Kisshu o que tinha acontecido à Ichigo, as raparigas contaram primeiro a Pai e Taruto. Estes ficaram surpresos com a notícia. Taruto ficou a ajudar Purin e as outras a acabar de limpar o café enquanto Pai foi procurar Kisshu, para lhe contar o que se tinha passado. Ele não teve muito trabalho a procurá-lo, encontrou-o ali perto, a observar o infinito.

-Kisshu? – Chamou Pai para ver se ele estava bem. – Tenho uma coisa para te contar. – Ele aproximou-se a colocou a sua mão no ombro de Kisshu. Ele não lhe respondia nem olhava para ele, Pai suspirou e começou. – Elas contaram-nos que os pais da Ichigo mudaram-se e ela teve que ir junto. Ninguém sabe o motivo do porquê da mudança, porque ela não quis contar e desde então não sabem nada dela.

Quando Pai acabou de dizer o que lhe tinham contado, Kisshu ficou com um vazio no olhar. Várias perguntas e memórias vieram-lhe à cabeça. Depois de voltar à realidade, fitou Pai, com um olhar de tristeza e dúvida. – Tu sabes qual foi a razão de eu ter voltado para a Terra… - Murmurou ele. – Porque é que isto me está a acontecer?! – Kisshu perdeu o controlo e foi-se embora, deixando Pai preocupado.

Já estava a anoitecer e estavam todos reunidos no café, menos Kisshu. Estavam preocupados, não sabiam onde ele estava. Kisshu caminhava pela beira do mar, numa praia ali perto. Estava distante nos seus pensamentos. Lembrava-se de todos os momentos que tinha estado junto de Ichigo, mesmo nas batalhas.

-Onde é que estás gatinha…? – Murmurou ele ao mesmo tempo que parou de caminhar e olhou para o céu.



Capítulo 2 – Lembranças

Em casa de Ichigo, ela estava ainda a despertar, os raios de sol batiam-lhe no rosto, era hora de acordar. Ela deixou de estar sempre atrasada, agora acordava sempre a horas. Levantou-se, pegou numas roupas e foi tomar um banho. Quando acabou o seu banho, vestiu-se e dirigiu-se até cozinha para comer qualquer coisa antes de ir para a escola. Para seu azar, os pais dela já estavam acordados, e também estavam na cozinha. Já faz 3 anos que eles se mudaram, e desde aí, Ichigo raramente falava com eles. Ela ignorou a presença deles e preparou o seu pequeno-almoço. Não quis demorar muito, para não ter que olhar para os seus pais e passados 5 minutos já estava a sair de casa.

Durante o caminho para a escola, Ichigo começou a recordar momentos passados com as suas amigas. Nos dias em que as conheceu pela primeira vez e elas se tornaram Mew’s. Depois, sem querer, ela lembrou-se de alguns encontros que teve com Masaya, era algo que ela tentava esquecer. E para seu desgosto, recordou também o dia de partida. Ela apenas tinha contado a Ryou o motivo da sua mudança, as suas amigas nem sabiam que ela ia embora.

Flashback

Tinha sido mais um dia de muito trabalho, e só estava Ichigo a arrumar o café. Ela mesma tinha dito às outras que podiam ir embora. Antes de voltar para casa e fechar o café, foi ter com Ryou.

-Shirogane? – Chamou ela com um pouco de receio. Ele estava já no seu quarto, perto da janela a olhar para o céu. Depois de ouvir alguém a chamá-lo, olhou na direcção à porta do quarto e viu Ichigo com uma cara triste. – Posso falar contigo? – Perguntou ela, após ele a ter olhado.

-Sim, entra. – Respondeu Ryou, nunca saindo de perto da janela. Ichigo entrou e esperou um bocado para começar a falar.

-Bem eu… Não sei como hei-de contar isto… - Ela estava com medo da reacção dele depois de saber o que ela tinha para dizer. – Oh… Esquece, é melhor eu ir embora. – Murmurou ela. Ichigo já estava perto da porta para se ir embora, mas Ryou viu que ela não estava bem.

-Espera Ichigo! Quero saber o que se passa. – Pediu ele, depois de ver como ela estava. Não era normal Ichigo estar assim, ainda no dia anterior estava tudo bem. Ela voltou para trás e só aí é que Ryou viu o que ela tinha nas mãos. Uma caixa.

-É que… Os meus pais disseram-me hoje, que amanhã vamos nos mudar de casa… Os motivos para são “Desde que trabalhas naquele café que chegas sempre tarde a casa!”, “O teu namorado anda a fazer-te baixar as notas na escola.” e “A tua mãe arranjou um emprego longe daqui.”. – Ryou estava a olhar para ela, incrédulo com a notícia. Mas porque é que ela lhe estava a contar tal coisa? Ichigo levantou a caixa que tinhas nas suas mãos e depois pegou também no seu pingente e deu-os a Ryou – Shirogane, peço-te que fiques com isto. – Ele abriu a caixa e viu o uniforme do café de Ichigo. Lágrimas corriam no rosto dela. – Eu vou ter de ir com os meus pais, vamos para uma vila, no campo. Caso aconteça alguma coisa e precisem mesmo de mim, eu deixo-te aqui a morada. Mas por favor, não digas a ninguém onde eu vou estar.

Ichigo saiu do café a correr, era a última vez que lá tinha estado. Enquanto corria até casa, embateu contra algo ou alguém. Foi quando reparou que era Masaya.

-Desculpa Ayoama… - Murmurou ela enquanto tentava limpar as lágrimas. Ela voltou a olhar para ele, e notava-se na sua cara que ele esperava alguma resposta. – É melhor eu ir andando… Nós não nos vamos ver mais, amanhã vou me mudar com os meus pais. Apenas quero que saibas que gostei muito de te conhecer. Sê feliz. Adeus… - Ichigo voltou a correr, tentar se afastar o mais possível dele.

Fim do Flashback

Ao lembrar-se deste dia fatídico, o dia em que os seus pais a avisaram à última da hora que tinha de ir embora, uma lágrima desceu-lhe pela face. Ela colocou a sua mão na cara e ao ver que estava a chorar, rapidamente limpou a lágrima. Já estava a chegar à escola, e ia ser um dia como os outros. Chegava sozinha, passava as aulas e intervalos sozinha e ia para casa sozinha. Já estava habituada a isso. No início custou-lhe, mas depois foi-se acostumando à ideia. O dia de aulas tinha acabado e Ichigo não demorou a ir para casa. Quando chegou, foi logo para o seu quarto. Dirigiu-se a uma gaveta de um armário do quarto e retirou de lá uma caixinha. Dentro da caixa tinha fotografias e também o sino que Masaya lhe tinha oferecido. As fotografias faziam-na recordar todos os momentos que teve enquanto era uma Mew. Numa estava apenas ela e a tentar esconder as orelhas e a cauda, noutra estava ela e Minto a discutirem, na foto seguinte, estava ela novamente com Retasu e estavam ambas a limpar o chão do café. Numa outra, estava ela e Purin, era um daqueles momentos em que Purin se fazia de inspectora. Na seguinte, estava Zakuro com ela, nesta elas tinham pousado de propósito para a foto. Depois pegou na fotografia seguinte, era uma fotografia de grupo, estavam todos juntos na praia, incluindo Shirogane e Akasaka. “Que saudades que eu tenho vossas…” Pensou Ichigo enquanto olhava novamente para as fotos.

Depressa a hora de jantar chegou, mas antes dela ter de encarar novamente os seus pais, como faz todos os dias, pegou na foto em que ela estava sozinha e dirigiu-se a um grande espelho que tinha no quarto. Esteve uns bons minutos a encarar o espelho e soltou um suspiro pesado.

-Como eu estou diferente… - Murmurou ela quando voltou a olhar para a fotografia. Ichigo tinha agora o cabelo mais comprido e já não sorria como antes. Era muito raro vê-la a sorrir.




=====
Aqui está o sumário e os dois primeiros capítulos! Eu sei que eles não estão muito grandes, mas é o que se pode arranjar, a minha criatividade não é muita.
Quem ler, espero que goste, como já disse! :)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
Será possível voltar ao "Passado"?
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Possível Greve dos Correios em vista.
» ONESHOT - Tu serás a minha namorada!
» [Comentários] Saint Cloth Myth Ex - Camus de Aquário
» [ Duvida ] Relançamentos dos EX
» Empatia com cineses elementais

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Tokyo Mew Mew Portugal :: Outros :: Fanarts e Fanfics :: Fanfics-
Ir para: